30/04/21 | 17:00
Casarão da Inovação fecha o mês com mais de 400 pessoas atendidas

O total de 169 pessoas foi atendido e 377 agendamentos para uso do espaço coworking foram realizados, desde a retomada das atividades no Casarão da Inovação Cassina, no Centro Histórico de Manaus, no início de abril, após determinação do prefeito de Manaus, David Almeida, atendendo todas as orientações de prevenção ao novo coronavírus. Desde a sua reabertura, o Casarão Cassina já recebeu um total de 700 pessoas.

O prédio, administrado pela Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), possui salas de reuniões, espaço coworking com 54 estações destinadas a equipes de quatro a seis pessoas, sala de amostra, duas salas de cocriação, lounge, sala de formação e espaço café. Ao longo da instalação, jardins naturais podem ser encontrados no terraço, primeiro pavimento, térreo e subsolo.

O espaço passou a ser um centro de empreendedorismo e inovação de desenvolvimento tecnológico, para fomento de pequenas empresas emergentes conhecidas como startups, sendo o carro-chefe do núcleo inicial do Distrito de Inovação, no Centro Histórico de Manaus.

De acordo com o secretário da Semtepi, Radyr Júnior, dispor de uma estrutura de escritório compartilhado, mais conhecido como espaço coworking, salas de reuniões e acesso à internet, atende as necessidades que uma startup precisa para trabalhar, desenvolver seus projetos, reunir-se com sua equipe e clientes.

“O objetivo do Casarão Cassina é fomentar, apoiar e desenvolver as atividades de cunho inovador, tecnológico e empreendedor, de modo que o ecossistema digital de Manaus cresça economicamente”, pontuou Radyr.

O agendamento para uso dos espaços é diário, no período de 9h às 17h. A agenda também está aberta para visitação às quintas e sextas-feiras. Para agendar uma data, basta acessar o link: https://minhaagendavirtual.com.br/casaraodainovacaocassina.