25/07/20 | 17:00
Como identificar pessoa multitarefa em um processo seletivo?

A evolução da tecnologia e as informações que surgem a cada segundo fizeram com que as empresas precisassem se adaptar para manter a competitividade. Por essa razão, muitas delas preferem contratar pessoa multitarefa.
Muito provavelmente as mães, os pais, acreditam que são pessoas que se encaixam dentro desse perfil. Talvez em alguma situação isso seja verdade e essas pessoas, de fato, tenham características como essa. No entanto, ser uma pessoa multitarefa no mercado atual vai um pouco além.
Mas como esse perfil é caracterizado? Quais são os benefícios que ele pode de fato trazer? Como identificá-lo em meio a tantos candidatos? Continue a leitura para entender!

Como está o mercado atual? O que é ser multitarefa?
A modernidade e a evolução rápida das novas tecnologias trazem consigo uma série de mudanças no dia-a-dia das pessoas. Estar 100% do tempo conectado começa a impactar a rotina de alguém desde o momento em que essa pessoa acorda e pega o celular para acompanhar o que está acontecendo ou o que aconteceu nas últimas horas. Ao mesmo tempo em que está fazendo isso, muito provavelmente ela está tomando seu café da manhã, conversando com alguém que mora na mesma casa e acompanhando o horário do ônibus que vai passar no ponto em que ela precisa estar em breve.

Esse tipo de situação hipotética é bastante comum no cotidiano das pessoas e pode se estender para o ramo profissional. No entanto, realizar todas essas coisas simultaneamente não significa ser uma pessoa multitarefa. Possuir o perfil multitarefa é ser capaz de fazer várias tarefas ao mesmo tempo, mas sem perder a qualidade durante o processo. Parece difícil, não é? Realmente é. Não existem tantas pessoas capazes de fazer isso no mundo, mas, felizmente, existem pessoas que têm um pouco mais de facilidade com isso do que outras e essas podem não ser tão difíceis de encontrar.

Como a tecnologia já alterou e vem alterando a forma de se trabalhar, as demandas das empresas nos processos de recrutamento também mudaram e vêm mudando para acompanhar esse cenário. Não é algo fora do normal exigir que um funcionário se responsabilize por diversas tarefas e muito provavelmente essa tendência vai se tornar cada vez mais presente. Funcionários multitarefa podem ser interessantes quando colocados nos cargos que exigem habilidades como essa. Porém, ainda é um desafio identificar esse tipo de pessoa simplesmente porque essa habilidade não era algo tão requisitado no passado.

Quais são os benefícios de contratar profissionais com este perfil?
Depois de entender o que é ser multitarefa, é preciso conhecer as vantagens que isso pode trazer para a sua empresa, certo? A primeira delas é o nível elevado de produtividade. Ter profissionais com perfil multitarefa permite que o time seja mais ágil na realização dos deveres, sem deixar a qualidade deles de lado. Assim, é possível estabelecer mais desafios, já que eles conseguem alcançar com maestria os objetivos da corporação.

Geralmente, profissionais com perfil multitarefa possuem característica generalista, ou seja, eles dominam teoria e prática. Ter um colaborador que saiba lidar com pessoas, que consegue manusear as ferramentas necessárias e que ainda resolve problemas extras é algo muito requisitado. Esses funcionários costumam ter maior qualificação e capacidade estratégica, além de estarem dispostos a aceitar desafios maiores — algo fundamental para o crescimento de uma empresa. É justamente essa avidez, a capacidade de desenvolver ideais e tirá-las do papel, que fazem dele peça-chave do negócio de sucesso.

Como um processo seletivo pode identificar uma pessoa multitarefa?
O primeiro passo do processo seletivo é utilizar um software que permita entender o perfil comportamental, assim, é possível reduzir erros de contratação e encontrar os melhores candidatos. Com a ajuda dessa ferramenta, avaliar o candidato que tem mais a ver com a cultura da empresa e se encaixa nas exigências é bem mais simples. É possível também fazer um teste utilizando amostras fictícias de projetos para mensurar a capacidade do candidato de lidar com múltiplos eventos. A ideia não é medir o conhecimento, mas sim a criatividade e a memória prospectiva do potencial colaborador

Comunicação
A comunicação não é uma regra em profissionais multitarefa mas pode ser que ela esteja mais presente nessas pessoas. Quando falamos em comunicação não necessariamente estamos falando sobre simpatia ou extroversão. Na realidade, vai muito além disso. É mais sobre uma facilidade de comunicação, ou seja, a capacidade de transmitir uma ideia de forma que a pessoa que está ouvindo entenda exatamente o que o outro quis dizer. Quando se trabalha com diversos setores, tarefas e pessoas, essa característica é extremamente necessária e geralmente quem possui um perfil multitarefa tem mais aptidão para isso.

Ferramentas
Existem alguns softwares disponíveis hoje no mercado que são capazes de identificar certos perfis profissionais que tendem a ser mais multitarefa. Um exemplo de softwares como esses é o Solides Gestão. Um software baseado na evolução da metodologia DISC, juntamente com outras teorias comportamentais, que é capaz de identificar certos perfis comportamentais nas pessoas é fundamental. Dentre esses perfis comportamentais está executor, o perfil mais multitarefa do sistema.

O perfil executor é naturalmente disposto para trabalhar e um líder nato. Gosta de agilidade e resultados. Como já foi dito, ele é o perfil mais adequado para a multitarefa. A identificação desse perfil no momento do recrutamento pode ser uma ótima solução. Ao utilizar um software que descobre o perfil de cada candidato já é possível fazer uma espécie de pré seleção de acordo com a demanda da vaga. Se a vaga exigir uma certa habilidade multitarefa, maior agilidade e disposição, o foco maior será em encontrar perfis executores.